PALAVRA COM SENTIDO

PALAVRA COM SENTIDO

“…tinham discutido uns com os outros sobre qual deles era o maior…” (cf. Marcos 9, 34)

Hoje, como no tempo de Jesus, vivemos a mentalidade e a ânsia do poder, do domínio, da grandeza, da mediatização a todo o custo. O que importa é aparecer, dar nas vistas, ser reconhecido, ocupar páginas nos jornais, ser referido nos telejornais da ‘hora nobre’. Os cristãos, muitas vezes, deixam-se dominar por estes apetites, sentimentos que têm a marca da mundanidade. Mas, o apelo de Cristo é bem diferente: a grandeza, a projecção, a importância advêm do amor aos outros; do serviço, simples e humilde, aos mais necessitados; do repartir a vida em gestos de caridade; do semear a concórdia e a serenidade nos ambientes, algumas vezes, hostis à fé; do acolher, com esperança e alegria, o misterioso desígnio de Deus para cada um; do saber encontrar no Evangelho a fonte da felicidade e da vida verdadeira. Aos olhos de Deus, quem quiser ser grande, faça-se servidor; quem quiser ser o primeiro faça-se o último. Seremos os ‘maiores’ no amor, na santidade, no perdão, na busca do bem comum, na construção da fraternidade.

quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

EM DESTAQUE



- FESTA DAS FOGACEIRAS

Dando cumprimento ao voto, vamos celebrar, mais uma vez, na fidelidade à tradição, a Festa das Fogaceiras, em honra do Mártir São Sebastião. No dia 20 de Janeiro, na memória litúrgica do santo Mártir, a Igreja Matriz de Santa Maria da Feira será o pólo de atracção dos católicos feirenses, dos devotos e de muitos turistas que visitam a nossa cidade, atraídos pela fé, pela acção de graças ou, simplesmente, para admirar a beleza dos cortejos que dão forma à nossa festa. O ponto central dos festejos será a Eucaristia, às 11,00 horas, na Igreja Matriz, presidida por D. Manuel Pelino, Bispo-Emérito de Santarém. Da parte da tarde, pelas 15,30, realiza-se a solene procissão.


- O PAPA NO CHILE E NO PERU

O Papa Francisco iniciou, nesta Segunda-Feira, dia 15 de Janeiro, a sua viagem apostólica ao Chile e ao Peru, que termina no próximo Domingo, dia 21 de Janeiro. Esta viagem será a sua 22ª viagem internacional
O Papa vai ao Chile e ao Peru ‘como pastor da Igreja universal para se encontrar com as Igrejas locais’. Na sua bagagem, o Papa leva temas importantes para dialogar com as autoridades e com a sociedade dos países visitados: a questão da justiça, da liberdade, da pobreza, da miséria, da acção social, da corrupção estarão, certamente, na agenda do Papa.
Na oração do Angelus, no Domingo passado, o Papa disse aos peregrinos, em Roma: ‘Peço-vos que me acompanheis com a oração nesta viagem apostólica’.
O Papa Francisco visitará seis cidades do Chile e do Peru, numa visita em que estão previstos 21 discursos, percorrendo mais de 30 mil quilómetros, em 10 voos.
Permanecemos unidos ao Papa e rezamos pela paz e segurança desta sua viagem.